O que é?

 

Seguro Cafezal – Definição

Seguro agrícola que cobre a lavoura de café segurada, com o objetivo de:

                1 – proteger a carteira de crédito do beneficiário

                2 – proteger o patrimônio do segurado

                3 – trazer estabilidade financeira ao produtor em caso de ocorrência de algum imprevisto climático

                4 – cooperar para a manutenção do produtor em sua atividade

                5 – propiciar segurança ao produtor, para que este foque apenas na condução da sua lavoura

 

SEGURO CAFEZAL – COBERTURA BÁSICA – VIDA DA PLANTA

Cobertura Básica:

                Vida da planta dos pés-de-café (conjunto da cova)

Objetivo:

                Proteger os pés-de-café da lavoura segurada contra a ocorrência dos eventos climáticos cobertos.

Eventos climáticos cobertos:

                – Granizo

             – Granizo / Geada

 

Funcionamento:

                Indenização ao produtor (VALOR PRÉ-DEFINIDO / HA), em caso de ocorrência de um ou os dois eventos cobertos que justifiquem a realização de poda / arranquio dos pés-de-café (todos de cada cova) da lavoura segurada.

Valor / ha: na contratação, considerar como custo de produção:

                 –  gastos com insumos aplicados na lavoura (mudas, fertilizantes e defensivos) ; e

                – gastos anuais com sua condução (mão-de-obra, operações de tratos culturais e óleo diesel).

                – LMI Básica – valor máximo safra 2013/2014: R$ 8.000 / há

Poda:

                Prática cultural que objetiva a recuperação ou melhoramento do potencial       vegetativo e produtivo das plantas.

Tipos de Poda:

                – Decote – corte da planta a uma altura acima 1,70m do solo;

                – Decote baixo – corte da planta a uma altura média entre 1,2 e 1,7m acima       do solo;

  • Esqueletamento / palitamento – desgalhamento lateral da planta, deixando-se o tronco ou haste principal com os ramos laterais apenas com 30 a 50cm de comprimento;

                – Recepa – corte da planta a uma altura de aproximada de 40cm ou 60 cm do solo; e

                – Arranquio – retirada total das plantas mortas do solo.

 

Valor  da cova, de acordo com idade e tipo de poda realizada:

 

valor da cova

 

Cobertura Adicional: Perda de Produção Futura

Objetivo:

                Minimizar  o impacto sofrido pelo produtor devido à prorrogação do novo ciclo produtivo da sua lavoura, indenizando-o com parte do custo de produção (VALOR PRÉ-DEFINIDO / HA), pois estes continuam os mesmos (gastos normais com defensivos, fertilizantes e outras operações de lavoura) com exclusão apenas dos custos de colheita.

Eventos climáticos cobertos (os mesmos escolhidos na cobertura básica):

                – Granizo

             – Granizo / Geada

Funcionamento:

Baseada na cobertura básica

                Indenização ao produtor em caso de sinistro indenizável ocorrido na cobertura básica, nas mesmas regras da cobertura básica

                LMI Adicional = 75 % LMI Básica

                LMI Adicional – valor máximo safra 2013/2014: R$ 6.000 / há

 

Cobertura Adicional:

                Tratamento Fitossanitário

Objetivo:

                Na ocorrência de evento coberto, custear parte dos gastos do produtor com a aplicação de fungicida para tratamento fitossanitário da lavoura segurada.

Evento climático coberto:

                – Granizo

Funcionamento:

                Indenização de valor fixo / ha em caso de ocorrência de granizo na       lavoura segurada.

                Área indenizada = Área atingida pelo granizo

                LMI / ha = em torno de R$ 200 / há

                Obs.: em caso realização de poda e indenização via cobertura básica, valor indenizado por esta cobertura é descontado da indenização da básica.

 

Carências por cobertura: dias contados a partir da data de protocolo da proposta na                                   Seguradora:

                Para todas as coberturas:

                               – Granizo: 6 dias             – Geada: 15 dias

 

PERÍODO DE COBERTURA :        

                Para as coberturas Básica, Adicional de Perda de Produção e Tratamento Fitossanitário:

                               – mesmas datas do início e final de vigência informados na proposta, considerando a carência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *